Tarde da noite.

“I don’t have answers
And neither do you”

Querido,

Estou em casa agora e tenho sua foto na mesa que escrevo minhas anotações diárias. Todo mundo da minha família já te viu umas 3 ou 4 vezes, e elogiaram suas rugas um tanto quanto empíricas – mesmo que sorrisse pouco. Em que toda a beleza do seu olhar não se compara às partículas subatômicas de todo este universo ordenado.

Quando cheguei nessa cidade, tentei encontrar sentido em minha vida. Com desejo compulsivo de perambular longe de casa, acho que acabei me esforçando tanto que tudo o que consegui foi me foder. Fui rebelde, dormi na rua e chorei. Velha demais para esperar encher a alma, o copo nunca ficou vazio.

Sabe aquela expectativa de quando se está a espera de alguém e se vai muitas vezes à porta para saber se está chegando? Eu senti isso em São Thomé. Desejei encontrar felicidade, mas não consegui. Estávamos ambos assombrados pelas telas e cansados de tentar.

Minha mãe me disse que podemos chamar de lar onde se sentir amor. Mas já é sábado e sua carta ainda não chegou. O que está acontecendo? Me ajude a conseguir dormir. […] Guardei meus sonhos por enquanto, parece que não nos veremos por um tempo. Mas, ao voltar, nós deveríamos sair e ver uma banda de rock. O que acha?

Com amor,
Jess.

Imagem de photography, Letter, and vintage

[Texto de Gabriela Angelo]
[Imagem: We Heart It]

Ghost.

“Quando eu fugi da cidade
Eu li escrito nos neons
Todo fim é bom”

Ao chegar em casa, deparar-me-ei com um bilhete que dizia:

“Eu queria apenas dizer que sinto muito. Você é incrivelmente adorável, mas eu acho que não preciso mais de você. Sim, você vendeu sua alma e me contou seus segredos. Pediu para que reiniciássemos do zero, como se ninguém tivesse nunca conhecido, como se a culpa fosse sua.

Ninguém disse que seria fácil. Eu não to aqui pra contar quantos momentos são necessários para que a gente possa se sentir assim. Você precisa saber, nunca foi você. O problema é que eu nunca fui até a praia ou senti meus pés na areia. Entende?

É difícil para mim também estar nessa posição. Você suspira e sussura algumas palavras das quais eu não consigo identificar. […]

Desci o vale hoje, eu vou recomeçar sem você. Eu te disse que te levaria comigo e lhe cantaria uma canção. […] Eu menti.”

Nem precisava de assinatura, pois, por mais que tenha se despedido, queria se esconder. Eu gostaria de agradecer-te por curar minha obsessão pelo amor, mas, hoje, sou só uma caixa de ossos de fé abalada andando como um trem desgovernado que parte sem pausas.

Amanhã, quem sabe.

[Gabriela Angelo]

Imagem de ocean, ghosting, and beachdaze

Se você puder me ouvir.

“Ninguém sabe mais do meu amor que eu
Nem ela […]
Pois se é amor, vence
Se é amor, vai vingar”

Tem dias que eu acordo e não sei o que estou fazendo aqui. Eu mal reconheço o par de olhos que me encaram no espelho. Houve uma época que eu era livre. Me leva de volta pra lá?

Eu tinha 16 anos com um coração enorme. Janelas abertas, o vento batendo e você passou. É engraçado ver que todas as suas marcas que você considera como imperfeições, são o que eu considero de mais bonito em você.

Eu sempre fui assim meio idiota. Ocupado demais tentando fazer algo acontecer e não fixado em uma tela de computador. Eu mal podia acreditar que tudo isso estava acontecendo, o mundo é jovem e você é realmente linda. […]

Honório é um senhor da minha rua que dirige uma mini-van até portos desde 1984. Com suas camisas incrivelmente bem passadas e o ringtone mais insuportável em seu telefone de flip, o vi digitando uma mensagem que dizia:

“Eu serei seu amante em dias chuvosos quando os ensolarados forem embora.
Mesmo de longe, já faltam 15 minutos para às 5h30.
Em breve eu estarei de volta pro seu cafuné.”

Percebe? Parece que estamos em outro mundo? Pois é assim que eu quero estar: aqui, sem dificuldades de respirar, sem necessidade de respostas ou enigmas. Paz em poder voltar.

[…] Sabemos que não há necessidade de complicar. Eu gosto de você porque sou além de quem eu realmente sou. Sou, quem eu quero ser. Pode ser loucura, às vezes. Você pode acreditar? Eu posso finalmente respirar, mesmo que me perca dentro de casa.

Eu gosto de você. Mesmo que ainda não me conheça, quero te dar tudo de bom que há em mim.

(William B.)

his & hers | a style story — a Better Happier St. Sebastian:

Cinese¹.

“Your dreams are the answers
I can see what you believe”

Desde antes de nascer o mundo, tem gente que culpa o destino, outros a coincidência e também já ouvi sobre sina. A resposta está em nossas escolhas. Se você planta o feijão, uma hora há de colher.

Então, o que devo dizer? É engraçado porque no momento que você para de procurar alguma solução, percebe que está mais perto do que imaginava.

Para estar a salvo, é preciso ser de dentro para fora. O mundo irá mudar e nós vamos crescer, o pior é que acabamos não sabendo quando vamos aprender a ser essência. Não precisa medo de se apaixonar primeiro. […] A semente hoje é o que auxilia as mudanças. Pessoas-base. Redamar.²

Coragem. Coragem para descobrir a si mesmo e a viver o momento. Encarar o inesperado e aceitar ganhar presentes, momentos. Aprender e enfrentar o desafio. Ver outras vidas além da sua própria, para encorajar, ajudar e dançar com o universo.

As escolhas fazem sentido no final. Mas primeiro é necessário deixar as amarras e apenas ser. Todo o amor há de estar lá, e há de nascer um novo coração.

(William B.)

Imagem de animal, beautiful, and fox

¹ em grego: movimento; mudança; agitação da alma.
² ato de amar a pessoa que te ama; reciprocidade.

epinefrina.

“Lord have mercy on my rough and rowdy ways…”

Eu quero que as pessoas saibam porquê eu vim até esta prisão. Eu quero colocar na minha mente que sou uma pessoa melhor ao sair do que quando entrei.

Eu não tenho dúvida que eu poderia ter colocado mais energia para ter feito isso. Eu gostaria de pensar que eu consertei. […] Todo dia é uma nova oportunidade pra gente se sentir a vontade e lutar pra ser feliz de verdade.

Eu fiz todo esforço para ser uma boa pessoa – pratiquei budismo e estudei psicologia. Conheci pessoas direitas que fazem as coisas certas. Não há palavras que digam completamente sobre o meu remorso com a dor que criei. […]

Fé se parece um fantasma, mas eu ainda acredito. Sorte não importa quando depende mais de si mesmo do que dela.

[…] Dói em mim o fato que vivemos na incerteza, na bagunça, na confusão, na rotina; Caímos em um buraco tão fundo que não sabemos explicar o quão sem ar está sendo esmorecer daqui.

(Gabriela Angelo)

Escuridão é um termo duro, não acha?

“Every moment’s relevant
Bittersweet and delicate
Tomorrow may not come again
Tonight is all there is”

Nem terminei, mas a nova série do NetFlix – “13 reasons why” – acabou com a minha sanidade mental. Eu imagino que tenha acontecido o mesmo com você, caso você tenha assistido. Por isso, eu tenho algumas coisas para dizer.

Eu sei que você tem encontrado algumas dificuldades de encontrar seu lugar no mundo, mas, aperte os cintos e aguente firme. Nós temos muito o que realizar ainda. Não esqueça o quanto só você tem sorte de ter você.

[…] A estrada acabou de começar, o dia virá quando souberem que você está preparado. Nós podemos estar machucados, mas já parou para pensar que isso pode ser a única coisa que te deixa em pé? Você nunca esteve só. Os desafios podem clarear sua mente para aventuras que, talvez, você nem sabia que eram possíveis.

O tempo tem sido longo. Algo passou por aqui, tenho certeza. Você pode estar pensando agora, o que será que aconteceu? Sacudiram a Terra. […]

Eu sei o quanto é difícil perder. E eu também sei que você está assustado. Eu vou te ajudar a como lutar com isso. Por favor, fique. Feche os olhos e me deixe conduzir. Você nunca mais precisará chorar.

[…]

Resultado de imagem para 13 reasons why

(Gabriela Angelo)

Às vezes, é.

Deixa eu te chamar de futuro? Talvez assim fique mais fácil viver, buscando algo que sempre desejei, esperar por alguém que, mesmo de longe, nunca me abandonou. Tudo nosso é recíproco e eu não quero ter que dividir em dias da semana esse amor, não vou parcelar nada que eu venha sentir por você.

Entenda que dessa vez, querendo ou não, estamos mais ligados, mais firmes, mais maduros. Meu bem, eu te encontrei em uma das piores fases da minha vida, e seu jeito simples converteu minha solidão em primavera. Meu presente se tornou presente em mim a partir do momento que amei. Que te amei. Lembro-me que tempos atrás eu andava perdido por não ter recebido nada em troca dos amores que ofereci, e hoje, tenho você. Não aqui do lado, um pouco longe, mas dentro. Dentro e vivo. Não poderia ter sido melhor recompensada, sua natureza gentil fez dos meus dias os mais alegres. Eu quero que você seja meu futuro simplesmente por não te conhecer inteiramente e sempre querer mais. Dividimos o mesmo gosto pelo mistério. E o medo do que me aguarda transforma esse amor em uma porta entreaberta. Dá vontade de ir lá ver o que e como é, e ao mesmo tempo dá medo de quebrar a cara.

Eu quero me entregar um pouco a cada dia, acredite. Eu quero. Mas vou devagar dessa vez, mesmo tendo a quase certeza de que com você dará certo. Repito para mim mesmo todo os dias que dará. Você ouviu meus gritos quando minha única companhia era a agonia, que pouco a pouco alimentava minha tristeza. E, quando as esperanças já haviam desaparecido, você surgiu como a aurora e me consolou. Abriu novamente as portas da minha coragem e cobriu de harmonia meus invisíveis horizontes. E deste momento em diante, rios de contentamento correm em minhas veias.

De repente você chega, desconhecido, incomum. Com desígnios belos e intactos, impalpável com uma sombra e sólida como uma rocha. Eu te agradeço, por me dominar deixando-me livre. Por ler meu silêncio em horas de dúvida e por me deixar embarcar na amplidão de seu mundo.

Sinto aqui uma saudade de alguém que nunca abracei, que até mesmo nunca vi. Obrigado. Por me livrar das correntes do passado, por se tornar meu presente e iluminar meu futuro. Iluminar não tornando certo, mas mantendo o mistério. Assim como gostamos.

Finalmente, é seguro ficar.

screenshot_3

(William B.)

Faça de você uma prioridade.

“Nós temos nenhum tempo para uma segunda chance”

É bom sim ajudar o planeta, os bichos, as plantas, os adultos, os idosos, as crianças, os amigos e etc. É ótimo, eu recomendo e faço. Mas, para tudo isso acontecer, antes, é preciso que você esteja em primeiro plano. Até para aqueles que procuram um companheiro/a, faça de você mesmo uma boa companhia pra si.

Manter-se organizado é a primeira das lições. É item primordial da lista que você vai vestir na frente do espelho e se ver todos os dias depois de acordar. Não, eu não falo de planilhas de excel ou listas de mercado. Organização de pensamento, de espírito, de liberdade. […]

O que farei a seguir? […]

Se você quer lutar por alguma coisa, lute para aquilo que você acredita. Se sobrarem alguns pedaços pelo caminho, tá tudo bem. Esta vida é uma só. É preciso ter coragem para fazer aquilo que se quer fazer e fé para acreditar que vai dar certo sim.

O coração nunca mente, e a mente nunca decepciona. Quanto mais for realizada a soma dos dois, melhor para a paz interior. Chore, dance na chuva, divirta-se. Faça de você uma prioridade.

Vá e crie amigos ao invés de mágoas.
Vá e viva as memórias.

Desligue-se da sociedade e foque em você. Sinta com a alma o universo, o vento, as estrelas. […] Os olhos podem se fechar. Mas quando se abrirem, sorria. O próximo segundo é a sua oportunidade mais perfeita do dia.

(Gabriela Angelo)

O homem que morreu por amar demais.

Murilo era um cara distraído, engraçado e apaixonado. Apaixonado pelos detalhes de uma vida que ele ainda nem viveu, apaixonado por momentos, por sorrisos. Em que, aqui, na estação onde um outono instrumental inspira a queda das palavras, seus pés cravam a fidelidade aos sonhos, apedrejando a covardia dos homens secretos que viviam em si.

Sem a intenção de trocar de mundo, tem o sonho apenas de unir àqueles que não couberam em sua ironia. Inventou um baile de amigos em pleno velório do falecido monstro que cobria o horizonte de quem ama o que se pode ser. Aqui jazz uma solidão ignorante. Naufragam agora todas as farsas escritas, onde navegavas apegado a apegos impossíveis. Incrédulo desta nova geração que desconcertam as ilhas daqueles que sonham antes de dormir.

Acreditava que, quando se faz o que gosta não há cansaço, não há horas. Não há nada que o impeça de estar ali, fazendo o que se quer. Faz-se das tripas coração, sem sequer se ter consciência disso. Não há impossível que não possa se tornar possível.

Mesmo tendo câimbras de felicidade, foi atingido por uma contusão de ignorância. Hoje vive morto com seus sonhos enjaulados e vaga por aí, com a casa de janelas sempre abertas e dispostas ao novo, um jardim com rosas de espinhos prósperos em frente a um público de solidão. Seguindo sempre no desafio de tentar de novo.

(William B.)

tumblr_o0h7i21abw1tqfle8o1_500

Imagem: Tumblr.

Entre outras mil.

Você já sentiu saudades da liberdade que escapou entre seus dedos? Você já se sentiu sozinho? Todas as cores que você precisa, continuam dentro de você. […]

Haverá felicidade no final desse sonho. A felicidade é feita daquilo que somos, e não de coisas. É difícil enfrentar o tempo com a calma que ele merece mas não demanda. Acredite em mim, todas as partes em nós mudam o tempo inteiro.

Haverá promessas no final desse sonho. Mesmo que ainda não sinta a ternura, você já desacelerou? Através das montanhas, haverão diversas noites estreladas e dentes-de-leão, mas eu não estou com medo. Detalhes. Respire fundo e sinta seus dedos, pele e alma arrepiarem. […]

Só há uma em uma vida. Mesmo que seus olhos não sejam azuis, são da cor deste céu. E, por mais que as tempestades neles estejam pesadas, encontre o sol ao nascer e ofereça um sorriso pleno.

Não tem problema ter guardado todas as palavras que deixou de dizer. Não tem problema ser chamado de estranho. Acredite. Há muito mais por vir. Abra as portas, para que valha a pena todo esse presente. O futuro é feito do agora.

(Gabriela Angelo)

large

Imagem: We Heart It

Entre o silêncio e o som.

“Eu vou construir meu caminho, apesar do custo
Eu não procuro ser encontrado
Não, nem um pouco”

Tudo aconteceu num certo dia.
Meu vício, desde o início. […]

Saudade vem.
Caminhos que não eram pra ser.

As palavras perfeitas nunca cruzaram a minha mente,
mas por mim tá tudo bem. […]

E, quando as esperanças já haviam desaparecido,
descobri a harmonia nos meus invisíveis horizontes.

E deste momento em diante,
rios de contentamento correm em minhas veias.

largeImagem: We Heart It

(Gabriela Angelo)

Querido Enzo,

“Só conte comigo pra tudo
Todo dia”

 

Eu ainda não te conheço, mas gostaria de dizer que nunca irei te deixar. Porém, somos humanos e essas espécies se complicam ao fazer planos a longo prazo. Posso te prometer que hoje estou aqui, e estarei por perto quando você precisar.

Filho, é uma estrada longa e eu não sei se estarei aqui para lhe trazer a luz. Mas pode contar comigo quando precisar de uma lanterna. Ou talvez uma bússola.

Eu já vou, e partirei sozinho. Mas levo você no caminho. O mundo pode explodir amanhã, mas acredite: no final, no começo, sempre foi eu e você. Fico feliz em ter te ensinado a se defender, a trocar refrigerante por suco e a amar e respeitar incondicionalmente as mulheres, principalmente sua mãe.

Você vai sofrer algumas decepções. Tanto profissionais quanto pessoais. Mas não desista, não caia na bebedeira e muito menos nas drogas. Mantenha seu caráter e valorize a vida. Resgate as suas forças e se sinta bem, faça o bem. As pessoas gostam de companhias com boas energias, seja uma delas.

Não vai ser uma vida fácil, mas também não será impossível. Aproveite as oportunidades e crie-as. Quanto mais cor, melhor.

Fique bem e confie.

Com amor.

large1

(Texto original de William B.)

Aromas, intuições e enzimas.

“escorregar é só um jeito que o corpo dá
não é cair, não é se machucar
é aprender a balançar.”

 

Eu fiz minhas malas. Peguei todas as cuias, bugigangas e trocados para a gasolina. Não dormi no dia anterior, o medo e a ansiedade bateram na minha porta. Mas tudo está bem melhor agora. Espero que esse sentimento nunca vá embora.

[…] Gosto de andar e conversar, ouvir o que tens a dizer. Perdi-me em meus passos, danças e flutuo nos seus olhos que, com toques em mel nos tons de azul, são da imensidão do meu céu.

A atmosfera traz risos aos meus lábios do início ao dormir. Meus passos tortos vou perdendo sem sentir. Por alguma razão que desconheço, criamos uma mobília dentro deste bem-querer. Eu gosto do seu jeito de existir. E sempre que olhas em meus olhos, no final.

Insisto em voar, por que não?

large6

imagem: we heart it
(texto original de Gabriela Angelo)

 

Te amo agora, mas e depois?

Eu poderia dizer que te amo agora, mas, de que adiantaria? Você já foi embora e eu não consegui fazer com que você entendesse com mais do que um punhado palavras quaisquer. Não precisa dizer que você me ama também porque eu sabia. Na real, eu ainda sei.[…]

Me disseram uma vez que ao organizar o seu quarto e seus pertences pessoais, de alguma forma, o universo conspiraria ao seu favor e arrumaria a sua vida também. Se eu acreditei nisso? Sim. 

[…] Eu queria dizer que estou com saudades. É, infelizmente. De novo. E não é só aquela saudade que você sente de alguém que sabe que talvez venha a algum dia encontrar por aí nas ruas da vida. Eu tô com saudades simples e puramente pela razão de que não sei se algum dia te verei de novo.

Dói em mim o fato de que vivemos na incerteza, na bagunça, na confusão, na rotina. Caímos em um buraco tão fundo que não sabemos explicar o quão sem ar está sendo a queda daqui.

[…] Posso estar com o guarda roupa arrumado ou com todas as roupas saindo da gaveta, o universo está aqui para me ensinar uma lição com tudo isso e trazer respostas, cujas perguntas eu (ainda) nem faço ideia quais sejam.

large5

[Texto original de Gabriela Angelo]

ELA SÓ QUER SER LIVRE.

Ela não é adepta a padrões e grita quando não está a fim de sussurrar. Não é garota do tempo para fazer previsões, vai lá e faz. E depois se vira nas consequências.

Os amores-amigos são seus escudos e risadas durante os dias difíceis. Sabe muito bem quando não quer. Porém, quando quer, se deixa levar. Não julga, não briga. E espera que você a trate sempre com respeito.

Não sabe-se muito bem o que se passa naquela mente, qual história ela carrega, qual é a sua luta. Corre atrás de quem não a quer e foge quem quiser. Segue a vida agindo duas vezes antes de pensar. Ela é intensa.

Acredita que o amor recíproco existe sim, e que um dia vai voar por aí. Faz ótimos cafunés se você fica para o café. Tem em sua mão a opção de querer me querer. É mais instável que o oceano. Às vezes quer ir devagar, às vezes tem pressa.

Faz da ansiedade sua melhor e pior inimiga. É curiosa e se assusta com as expectativas. Guarda seus problemas pra si, para não incomodar ninguém com suas paranoias. Fica acordada até tarde para não ter que sonhar.

Está sempre tentando ser o melhor que pode ser. E se não fizer, sente que está traindo a si mesma. Não está necessariamente preparada para tomar as decisões certas, mas foram estas as cartas que a deram. Sempre cobra demais de si mesma.

Já chorou muito. Já se controlou muito. Já se limitou muito. Para dizer, fazer ou pensar aquilo que realmente queria. Já amou muito. Já sorriu também… Hoje, ela só quer ser livre.

large4

(William B.)

Cicatriz.

“So give me hope in the darkness that I will see the light
Cause, oh, they gave me such a fright
But I will hold as long as you like
Just promise me we’ll be alright”

antes de começar, clique aqui.

Hoje. Por mais que seja um dia cheio de afazeres e tudo mais, ainda é um dia muito usado para pensar ainda mais nas suas ações e momentos da semana.

Acho imensamente maravilhoso o fato do sol nascer todos os dias para nós, sem deixar de dar espaço para a Lua. Ambos em completa mutação todos os dias. Acho lindo também a oportunidade que temos de nos re-inventar todos os dias, a cada nascer de sol.

Liberdade. Faça uma boa memória disso. É melhor começarmos logo. De alguma forma, os dias vão passando e se torna cada vez mais fácil e menos doloroso. Alguns dias você voará, n’outros terá a sensação de estar caindo. Mas não tem problema, venha comigo. Desmoronaremos juntos, de alguma forma. Posso trazer até você a sensação de acreditar em estrelas e no que elas dizem.

[…]

E foi aí que eu quis te chamar de amigo e compartilhar tudo, desde quantas colheres de açúcar adoçam meu café até a fala mais bonita do meu filme favorito. Dizer que o seu olhar sem brilho contradiz com seu sorriso bonito, e o quanto você faz diferença. Vai ficar mais fácil.

large2

Imagem: We Heart It.

 

Alô?

[escute aqui a música que escolhi para a leitura]

bernardo-moreira-13

Oi. É, eu sei que está tarde. Perdoa minha voz trêmula. É o nervosismo. Preciso te dizer algo importante, pra mim.

Sabe, eu sempre tive medo de me apaixonar. Em consequência, eu nunca nem tentei. Sempre me negava. Por grandes e terríveis exemplos que tive de amigos e familiares, eu escolhi estar em paz. […]

Levantei a cabeça, comecei a seguir e olhar em frente. Não muito longe dali, te avistei. Sorrindo e de braços cruzados pra mim.

Estou tentando ser consciente desta vez, diferentemente de todas as outras. Você chegou com seu sorriso cativante e sua fala mansa. Um jeito de olhar pra baixo, tímido e cheio de carisma. […] Você que, desde a primeira vez que vi, pensei:

“Olhe para esse rapaz, tenho certeza que o amarei a vida inteira.”

Ainda não tive a vida inteira para comprovar, mas, desde o começo, você tá conseguindo. E a pior parte, é admitir. Porque é complicado demais esquecer seu sorriso. […]

Meus créditos estão acabando. Só queria que soubesse. Não precisa responder. Beijo.

Imagem por: Bernardo Moreira Fotografia

 

Ficaram as canções.

large2

Entre a luz e a escuridão, entre o silêncio e o som. Os olhos se fecham e a sensação é parecida com estar em casa. Sigo no balanço, trilhando à imensidão.

Desejo mais domingos sem parentesco com segundas-feiras. Por mais quintas-feiras com gosto de sábado.  Eu tive sorte, depois azar. Podia ter dado certo, mas deu errado.

Talvez ninguém se lembre mais dos dias que deixamos pra trás. Mesmo que haja distância, os meios são mais interessantes que os fins. E nada justifica o início, ou o ofício. Teremos tempo de sobra depois. […]

Eu não procuro nada em particular. Porém, me sinto mais desesperado do que aparento. Pés no chão, deserto, mudanças e injurias. Eu não procuro ser encontrado, só não quero me sentir perdido. Sem saber pra onde estou indo, ou se estou indo mesmo para algum lugar.

Precisamos parar de pensar que o perigo é onipresente.

Para que no final do dia poder perder-se em passos e dançar-me na ponta dos sonhos. Não vendo, não vindo e insistindo em voar. Por que não? 

[…]

[escute depois de ler.]

Imagem: Google Imagens

ontem, hoje, amanhã.

Frio na barriga, insegurança, medo. Foi instável, foi chocante, aterrorizante. Quando ninguém está do seu lado, nem seus pais, seus amigos e muito menos o universo. Quando você tenta cavar até achar uma pontinha de luz. Mas você está lá, imutável. De olhar sereno e respiração tranquila. […]

Me dê todos os seus medos para que eu os jogue fora. Pense em todas as coisas boas, independente do que os outros dizem. Nós podemos resolver isso amanhã. Vamos viver um dia de cada vez.

Gosto tanto do teu sorriso, já te disse isso, não? Gosto também do fato de você preferir ver os trailers do que os filmes. Coração que enche e pulsa. Pensamento que sorri e olhos que cantam.

[…]

Quero te pedir pra voar, nem tão ao céu, nem tão ao mar. Voar leve, e voltar de vez em quando. Pousar em mim quando estiver por perto para voarmos juntos, nem que for por uma última vez.

A porta estará sempre aberta. Venha quando quiser.

 

large

Ponto de referência.

large1

Eu já não sou mais quem eu fui. Todos os dias, descubro um novo eu. Um eu que quer viajar e arriscar. Um eu que não quer mais se arrepender das coisas que deixou de fazer por preguiça, capricho ou vergonha. E muito menos, um eu que se arrependa das coisas que efetivamente fez. Tenho um sorriso na varanda, um café requentado e um espírito livre.

Pra onde eu devo ir? Ao chegar, vejo portas fechadas sem a mínima chance de serem abertas. Pessoas com pensamentos sem previsão de ductilidade¹. Cheios de pensamentos presunçosos, sem o mínimo de empatia. O que queremos para o nosso futuro, nos dias de hoje?

Eu sinto que as pessoas estão querendo atingir um objetivo e confiam que isso os encadearão com outros automaticamente. Não dá para ter a certeza de que dinheiro lhe trará felicidade. Não dá para ter certeza que não. Quero viver no equilíbrio. De mim, do meu corpo, das minhas decisões. Não quero ter que fazer escolhas bruscas que farão com que eu seja meio feliz ou meio triste. Quero me sentir por inteiro. Quero fazer escolhas por inteiro. Quero somar.

Todos os meus medos saem de mim gritando. Não sou a pessoa mais confiante do universo, também tenho diversas perguntas na minha mente. Preciso de ajuda. Mas cada dia é um passo. Falta só saber a direção. Será que eu devo ir?

[…]

¹Ductilidade é a qualidade ou propriedade do que é dúctil, ou seja, do que é flexível, elástico, maleável

Ponto de vista.

Só eu e meu café da manhã. Só café. Sem pão. Porque estou com pressa.  Porque levantei atrasado. Amassado. Porque meu despertador tocou e eu tirei-o da tomada.

Não conseguia pensar em mais nada. Eu tenho certeza que já tinha te visto antes. Você diz que não, que talvez tenha sido em outra vida. Bobagem. Essa coisa de ‘outra vida’ só existe em filmes, música e livros. Na vida real as coisas são diferentes. Sorri simpática, mostrando a covinha na bochecha esquerda bem rapidamente. Um universo cheio de segredos e mistérios. […]

Não havia muito mais do que luzes, prédios, carros e pessoas andando nas ruas iluminadas, a típica imagem de uma sexta-feira à noite. Para mim, observar o movimento das ruas era mais interessante do que ligar a televisão e assistir a todo o lixo de sempre; a espontaneidade era absurdamente contrastante. Um sorriso mórbido fez uma pequena curva surgir no canto de meus lábios. Esqueci meu olhar num ponto qualquer da rua. Nada tinha importância naquele momento; não havia nada relevante para se ver.

large

Imagem: We Heart It

Postagem sem nome.

28.02.2016 – Teatro Mars – São Paulo/SP

Eu poderia falar sobre esse dia com uma montagem de palavras com as letras das músicas da banda. Mas eu não vou fazer isso. Por diversos motivos. Um deles é preguiça. E entre tantos outros, também quero dizer com minhas palavras o quão foi particularmente especial.

Conheci a banda Tópaz através de um amigo (valeu, Lucas!) em 2012, acho. Não sou tão boa com datas assim. Mas, apesar de ter gostado, nunca tinha ido atrás para saber quando teria show em São Paulo.

Todo mundo sabe que eu amo o Sul. A comida, o clima, as pessoas, o jornal local, o sotaque… E a banda é dessa terra maravilhosa. O que me fez apegar mais ainda. Além da melodia incrível e as letras muito diferentes (pra melhor!) daquilo que a gente ouve por aí.

Saber do acidente do Cris me deixou angustiada e com uma vontade absurda de ajudar de alguma forma. Mesmo que fossem formas simples, comprei álbuns, compartilhei com os amigos e mandava minhas energias positivas. Eu também já senti na pele como é estar na impossibilidade de fazer aquilo que mais se gosta. (…)

Este sábado foi o dia do show, dia de respirar melhor. Não tocaram as minhas duas músicas favoritas, mas souberam preencher os minutos agradando todo mundo que estava lá. Até mesmo a minha prima que foi comigo, cuja não conhecia uma única música inteira. Uma energia sem explicação, um sentimento de “estou em casa com meus amigos”, até com a cerveja no meio. Um dia fácil pra viver de dentro pra fora.

Tirei umas fotos também. Escolhi capturar o momento em preto e branco para ficar guardada na memória todas as cores que os artistas compartilharam de suas almas.

Agradecida à Tópaz, aos caras da Supercombo e ao Lucas Lima (que deveria ser fixo da banda, minha opinião rs).
Todos os aplausos possíveis para vocês.
Vocês são incríveis. Agora também ao vivo.

(Ei Cris, fica bom logo guri.)

IMG_6581
IMG_6397IMG_6589IMG_6349IMG_6352IMG_6367IMG_6418IMG_6310IMG_6575IMG_6577

você pode ver mais fotos em: Gabriela Angelo Fotografia (mas ainda não tem todas, beijos)

Deixe seu comentário. O feedback, positivo ou negativo, ajuda no crescimento do meu ser humano.

Perder para (re)encontrar.

Eu quero viajar o mundo. Penso em todas os lugares que poderíamos ir. Está chovendo lá fora […] Sussurro perto do meu coração: deixe-o ir para se sentir vivo.

No meio de um caminho, em direção ao sol. Pensando em todas as trajetórias que estão por vir. Nós temos histórias mas, as jornadas, nunca fizemos. Vivendo vítimas de um passado que, muitas vezes, nem controlado por nós foste. Te julgam pelo o que você fez no passado, quem você conheceu, quais são as suas habilidades e conhecimentos.

Por mais que você tenha criado um milhão de histórias em sua mente, a realidade será muito diferente. Para melhor ou para pior. Não podemos controlar o destino e muito menos o próprio momento. Mas podemos escolher se vamos vê-lo passar ou participar dele.

Des-inventaram o amor, com todas as tragédias, terrorismos e desrespeito, temos a missão de reinventá-lo. Algumas canções velhas em meus ouvidos para me fazer sentir bem. Voltar àquela época onde em a gente largava os lençóis e dançava. Independente da música. Sem timidez alguma.

[…] Encarar o teto e se perder em pensamentos. Essa é a rotina. Levantar, coçar os olhos e cambalear até o outro cômodo para poder escovar os dentes. Voltar para o quarto, colocar uma música e começar a dançar na frente do espelho como se nenhum estresse no trabalho estivesse me esperando.

Um dia de cada vez, certo? Quanto melhor começá-lo, melhor.

(Gabriela Angelo)

Dica de trilha pós-leitura: 5 a seco – Tatame

Apaguei as luzes.

Nunca sei como começar um texto. Aprendi diversas regras gramaticais e textuais, mas, honestamente, não sei o que dizer. A vida é feita dos erros que cometemos? Sim. Mas, principalmente, o que aprendemos e melhoramos a partir destes erros. As pessoas são únicas por conta dos seus defeitos, suas inseguranças, suas histórias e seus medos.

Que bom que ninguém é perfeito. Admito que a sociedade ainda tem muito o que melhorar em diversos quesitos. Mas o que seria dos lados bons se não tivessem os lados ruins? Percebo que perfeccionismo anda assombrando alguns sonhos sendo que pode ser tudo tão… simples.

[…]

Perseguir um caminho onde se procura aprender todos os dias é a melhor forma que escolhi para viver. Nunca se sabe demais sobre uma coisa que não possa aprender, e nunca se sabe de menos que não possa ensinar. Desistir não faz parte dos planos. (Por mais difícil que a trilha esteja.)

(Gabriela Angelo)

large

Imagem: We Heart It.

A minha cidade.

tumblr_nye6447rck1qkbzlao1_1280

Quero te falar as coisas que guardei pra mim. O outro lado da história que você tentou ignorar. Que nós achamos melhor guardar. Quero te dizer que posso ser o ombro que você quer para deitar e conversar, e às vezes usá-lo para uma soneca. Através das montanhas,
existe um céu que traz a esperança de um novo dia. Mas nada é maior do que a quantidade de estrelas que encontro em seus olhos. Melhor ficar ao teu lado, mesmo que eu esteja errando. […] Somos livres. Descalços, sem poesia e com um horizonte já não tão distante.

(Gabriela Angelo)

[escute depois de ler]

 

O mundo inteiro ao seu alcance.

[trilha sonora: i’ll keep you safe]

Por mais que o mundo te diga que você merece o melhor, você se contenta com o que tem. Porque, de acordo com o ditado popular, melhor um na mão do que dois voando. Certo? Errado.

Tens tanto a aprender, assim como eu ou qualquer um por aí. Ninguém pode se diminuir ou se resumir do aprendizado infinito que é existir. Nem tudo é só prazer ou tem um porquê compreensível.

Por mais que a vida apareça com poucas oportunidades para ti, é preciso analisar e não perder a fé em si mesmo. Por mais que aches que o que fez é o suficiente, experimente olhar para o outro lado.

Existem tantas almas se desdobrando para encaixar-se em um quebra cabeça que não faz parte do destino delas. Procure com atenção encontrar o teu, por mais que demore, por mais que seja difícil. Seja alguém, e não apenas uma pessoa através de uma tela. Tenha uma vida real, e não uma tentativa de felicidade através de um perfil.

Evoluir é doloroso e mudar é pior ainda. Encare os seus monstros e aprenda a escutar a si mesmo. Respeite o seu bem estar e viva. Porque o amanhã não existe, aproveite o hoje. Sei que muitas vezes o destino pode não ser muito generoso conosco, mas jamais devemos perder a vontade de viver. A vida é o instinto natural de todo ser vivo.

Não importa o quanto você viva, evolua ou mude, não existe um fim. E, se você está em paz, nada poderá lhe atrapalhar. Vá, e não se arrependa.

(Gabriela Angelo)

large (6)

 

Engrenagens.

Perto de acreditar que foi apenas uma ilusão.
Eu vou mudar minha mente e começar culpando cada passo meu.
As memórias gastas, a vista turva.

Já era.

Contratos assinados com uma lambança linear.
Não tem porta e nem janela pro tempo entrar.

Onde é esse lugar?
Por que tão longe?

Espera que eu te explico todos os bons motivos e a falta do que fazer.
Se lembra dos rastros de compreensão e dos pães de queijo com suco de goiaba do pé? […]

Estou mais forte e, agora, seguindo em frente.
Com noite e a sua incrível habilidade de ser tudo o que ela quiser ser.
Tal como uma criança e todas as suas imaginações.

(Gabriela Angelo)large (4)

“In a land gone wrong
Explanations always written late
When your talent curse the framing
Of the crying you heard song
I could lie I don’t care about what’s missing”

Navegando em águas calmas.

[você pode ler ouvindo esta canção.]

Existem dias da semana que eu paro para pensar.
Pensar em todas as hediondas e esmeradas aventuras que eu pude ser uma parte de.
Pensar em todas as inutilidades que eu um dia disse para alguém. E as utilidades também.
Em minhas atitudes quando mais jovem, em minhas atitudes do presente.

É nesse dia que eu acredito que nenhum desastre vá acontecer.
Problemas meus, e a certeza que cada um tenha também. Tão ou mais grave quanto os meus.
Em tudo que em minha mente deu errado, mas que, depois de um tempo,
eu entendi a razão de tudo.

Perdi a calma. A encontrei três dias depois.
Eu nunca serei menos do que eu já fui.
Somos um acumulado de histórias, um acumulado de momentos e alegrias.
Decepções e tristezas também.

Foi em um desses dias que eu aprendi,
não adianta ter dó de si mesmo. Esta é a pior forma de seguir em frente com algo.
Acreditar e ir atrás de um futuro que virará presente.
E como presente, é preciso rasgar o papel, viver e agradecer.

[…]

(Gabriela Angelo)

cof

Tela branca.

[você pode ler ouvindo: 5 a seco – nó.]

Imagine o mar.
Agora, imagine o som que ele faz.
As ondas quebrando, a água em movimento, o vento.

Imagine o vento.
Agora, imagine o som que ele faz.
O cabelo no espaço, a gravidade levando tudo para baixo o que ele leva pra cima.

Imagine a gravidade.
Agora, imagine o som que ela faz.
A maçã que cai da árvore, o pão que cai com o recheio pro chão,
o tropeço que faz você cair se ralar.

Imagine você.
Imagine o universo.
Você já se perguntou por qual razão habitas aqui?
Será que existe algum outro universo desconhecido?
Será que existe mesmo alguma explicação sobre a razão de uma vida?

Imagine a felicidade.
Agora, me diga:
Quando você está feliz,
tudo isso ainda importa?

(Gabriela Angelo)

ou você pega a contramão ou você para.
e não tem essa de olhar no retrovisor.”
(5 a seco – nó)

Michele,

Eu sei que você não é muito receptiva com elogios para você mesma, mas gostaria de dizer que você é uma pessoa fantástica. Não só pela sua aparência, que é fascinante, mas também pelo seu jeito de ser e levar a vida.

Por todas as pessoas que foram tocadas por você, aqui vos represento. Você planta uma pequena semente ao entregar o seu olhar e sua doce atenção a cada uma das almas que passam por você, seja por 10 segundos ou 23 anos, você as marca de uma forma que não há estudos que explicam essa magia que existe em um olhar ou sorriso teu.

Alguns seres de sorte conseguem ter o seu coração como presente da vida, peço por favor para não se arrepender de ter se doado para aqueles que não veêm a grandeza desse ato. Todo mundo precisa de amor, até mesmo os mais ignorantes. Não se feche para esse universo de oportunidades de amar de novo por causa de um momento que não deu certo. Este é meu pedido, não um conselho.

Ainda existem diversas almas por aí que precisam do seu olhar e, principalmente, do seu coração. Tenha a certeza que eu lhe agradeço por ter entregado-os a mim, mesmo eu sendo uma daquelas pessoas que não soube aproveitar no momento. Mas lhe escrevo esta carta para lhe dizer que, a próxima vez que eu tiver a sorte de te ver, ficarei feliz em te ver sorrir.

Não se prenda por causa do amor, porque é ele quem te deixará livre. Continue sendo assim, sempre tão Michele.

Com carinho e saudades,
William B.

(Gabriela Angelo)

large (1)

Into the wild.

“Os únicos presentes do mar são golpes rigorosos e, ocasionalmente, a chance de sentir-se forte. Claro, eu não sei muito sobre o mar, mas sei que é assim que é aqui. E também sei como é importante na vida não necessariamente ser forte, mas sentir-se forte. Para se testar ao menos uma vez, pra passar ao menos uma vez pela mais antiga das condições humanas. Enfrentando desafios sozinho, sem nada pra ajudar.”

filmes-viagem-na-natureza-selvagem

(Trecho do Filme “Na Natureza Selvagem” de Sean Penn)

É só um sentimento.

“Como se explica a alguém,
o que é estar apaixonado?

Como você vai explicar para alguém,
que nunca esteve apaixonado,
como é amar?

Não tem como,
nem pra salvar sua vida.

Dá para descrever as coisas,
mas não dizer como é.

Mas você reconhece quando acontece.

Pra mim, com “livre” é assim.
Vivi momento no palco em que me senti livre de verdade,
e é algo fantástico.

Liberdade pra mim é isso: não ter medo.
Não ter medo, mesmo.”

(Nina Simone)
Fonte: “What happened, Miss Simone?” – Documentário do Netflix

Exame de raciocínio.

Vou dizer pela última vez, não consigo mais.

[…]

Hoje eu acordei e me perguntei: será mesmo que tem que ser assim?
Hoje ouço as canções que você fez pra mim, e me pergunto, por que tudo mudou assim?
Ficaram as canções, as dedilhadas nos diversos instrumentos que tiveste em casa, os sons da sua voz durante as gravações. Só você, faltou ficar.

Eu acho que você já nem se lembra mais, és hoje tão distante.
Todas as conversas que ficaram só entre nós.
Tantas vezes, ao cantar empolgada e feliz “Are you mine?” com o meu pendrive de sempre no carro, você me olhava e com esse seu olhar tão penetrante e este seu sorriso tranquilo me respondendo “Yes.” sem precisar dizer uma só palavra.

Sigo imaginando futuros encontros, desejados por vidas inteiras.
O que você me deu, eu não posso renegar. Você me deu muito mais do que eu poderia imaginar, e hoje eu fico só na saudade e na esperança de um dia poder te ver de novo. Ficará sempre entre nós a felicidade, de um dia ter vivido algo.

Quando comecei a te esperar além dos sábados, a preocupação e a vontade migraram também para as quartas-feiras. Será? Será que eu ainda quero viver esta mentira? Estas esperanças?

Foi uma decisão difícil de tomar. Difícil de aceitar, difícil de me desprender de você.
Você, com o seu cheiro, sua suavidade, sua atenção aos detalhes, sua conversa, sua voz.
Foi difícil aceitar que eu não teria tudo isso. Mas também foi ótimo.

[…]

O momento hoje é: todos os dias. Adeus. E devolva meu pen-drive.

(Gabriela Angelo)large

Para aqueles que vivem.

[Você pode ler este texto ouvindo a música que quiser]

Há coisas nesse mundo que são muito mais poderosas do que palavras.
Um único olhar, um abraço, uma mão amiga,
um movimento que seduz, que faz você acreditar em mágica.

O movimento é a forma mais básica de comunicação para cada ser humano no planeta,
podendo expressar um turbilhão de mensagens que palavras jamais conseguiriam.

Cada movimento é tão importante quanto o próximo.
Podendo representar uma população, uma cultura, o lugar de onde eles vieram.
O movimento prova de que estamos vivos.

Mas não importa quantas pirouettes,
dancinhas tímidas de um lado pro outro ou cambalhotas demos em vida,
a importância vem de o quão longe você pode levar a sua alma.

Para todos aqueles que dançam, em um casamento,
Em uma festa, no quarto, na comemoração de uma conquista.
A dança move você.

E eu sei a sensação.
Porque eu sou uma dessas pessoas também.
É um sentimento de re-descobrir você mesmo.

Há coisas nesse mundo que são muito mais poderosas do que palavras.
E agora, é hora de compartilhar.
É nisso que eu acredito.

(Gabriela Angelo)

IMG_6101

Raça Centro de Artes de São Paulo – Fotografia: Gabriela Angelo

Time to go big or to go home.

oceanFérias de Inverno acabando e o meu maior desejo esses dois meses foi: viajar. Mas como não tive nenhuma oportunidade de sair de São Paulo e curtir uma estrada, procurei algumas músicas que me deram a sensação de vento na cara e trouxeram uma ansiedade maior para sair um pouco da metrópole. Além da atmosfera de fechar os olhos e me sentir em novos ares, conhecendo a mim mesma e aproveitando cada segundo.

Músicas que você pode ouvir no carro, na própria viagem, na pista de dança, indo pro trabalho, pra criar uma coreografia… músicas para ouvir quando você quer dar uma repaginada no humor. Vou colocar só 4 neste post, mas caso haja curiosidade de ouvir mais, eu criei uma playlist no Spotify o//

Me conta depois nos comentários qual foi a sua favorita. :)

A importância de fazer uma pausa.

Hoje mesmo (30.06.2015) eu estava vendo uns vídeos no Youtube. Ao esperar o meu vídeo escolhido carregar, aparece uma propaganda. Só que, antes de clicar em “Pular Propaganda”, deixei-me invadir por aquela música e as imagens, a princípio penetrantes. Percebi que tinha uma marca por trás e uma história começou a ser contada. Como eu amo storytelling, prestei atenção. E adivinhem, apaixonei.

Foram lançados hoje pela marca Lipton de chás, uma sequência de 4 vídeos diferentes com histórias inspiradoras sobre coragem, felicidade, descobertas e pausas. Respirar. Histórias que nos fazem parar para pensar: “será mesmo que eu estou aproveitando o meu tempo do jeito que eu queria?”, “será mesmo que a vida que eu levo vale a pena?”. O futuro é agora, não deixar para ser feliz depois. São produções audiovisuais que me despertaram uma vontade incontrolável de viajar, de me conhecer, de sentir, de experimentar, de viver os meus sonhos. Mesmo que tudo isso seja um pouco assustador, no começo.

Intitulados como “histórias de verão”, os vídeos têm pequenos momentos estratégicos que mostram a marca e um “T”, que, pronunciado em inglês, se parece com “tea” (ou seja, ‘chá’). E, no final de cada curta, tem alguma frase que eu – com certeza – gostaria de ter vários caminhões para colocar nos pára-choques.

Mas aí você me pergunta: “Gabi, o que é storytelling?”

Storytelling nada mais é do que contar uma história. Para o mundo da Comunicação, essa é uma técnica usada para atribuir significados emocionais à elementos técnicos por meio de um contexto. Na minha opinião, a Lipton quis assimilar os seus diversos chás (gelado e quente) à momentos da vida que não se explicam, momentos que apenas se vive, se sente. A hashtag #BeMoreTea (#SejaMaisChá) provavelmente traz consigo um incentivo para enfrentar toda essa experiência.

Agora, qual é o meu preferido? Todos. Espero que eles lancem mais.

E qual é o seu preferido?

Sinestesia.

Sabe, esses dias eu estava pensando em nós, ou naquilo que a gente poderia ter sido. Vejo que aprendi que é nos seus braços que eu senti a maior calmaria distante dos mares. Vira-e-mexe, fecho os olhos e sinto por entrar em minhas narinas o cheiro da sua pele, trazendo uma grande quantidade de arrepio.

Ninguém sabia e ninguém viu, mas você estava ao meu lado. Enfrentando medos, trazendo sorrisos, noites sem dormir e dias de preguiça. Naqueles dias que vinhas me buscar e para passearmos sem roteiro. Apenas com uns trocados pra gasolina, pés descalços, balas de caramelo e muitas descobertas de encher o meu pequeno coração. (…)

E todos aqueles sonhos que a gente nem viveu, aquela vida que foi construída com a esperança de um futuro, todas as histórias escritas… nenhuma dessas coisas foram apagadas. Hoje, eu só tenho a certeza de que a gente sabia muito mais quando não sabíamos de nada. (continua…ou não.)

(Gabriela Angelo) tumblr_nmcrm15ZIY1qzdiqvo1_1280 Imagem: Tumblr

Charlotte,

kid

Sabe, vou te contar uma coisa: o maior desafio do mundo é confiar em alguém. Existe sempre um filtro mental que classifica para quem e como você vai contar as suas histórias tão particulares, tão suas, tão cruas. Não é todo mundo que aceita ouvir como foi seu dia ou o sobre a sua discussão com a sua mãe na noite passada. Também não é todo mundo que guarda uma informação sua apenas pra si, tem gente que precisa compartilhar com terceiros que você – provavelmente – não queria dividir. “Não foi fofoca, foi só um comentário“, eles dizem.

Para confiar em alguém, é preciso muito cuidado. Independente se você está em um momento de carência, raiva ou solidão, cautela é importante e imprescindível nesse momento. Normalmente, as pessoas confiam na outra quando elas passam uma sensação agradável e inexplicável de segurança. É como se espantassem todas as sombras que existem diante o seu coração.

Existem, também, pessoas certas para certos assuntos. Porque, se você for desabafar tudo em uma só alma, ela não aguenta. Por mais que a pessoa goste de você, chega uma hora que cansa. (…) Às vezes você pode querer guardar a informação só pra ti. Porque, afinal, o que contar para um outro alguém vai mudar? Muitas vezes, nada. Principalmente se não for nada relacionado à ela. E, quando eu digo “guardar” é não compartilhar. Nem em forma de indireta. Nem em músicas. Nem em tweets. Porque, de novo, o que vai mudar? (…)

A vida é muito louca e você ainda vai encontrar muitas dificuldades, além do encontrar alguém para confiar. Mas não desista, é muito gostoso confiar. É como ter a sensação de que podes fechar os olhos e a pessoa vai te guiar para o lugar que você gostaria de estar, que estarás a salvo. (…) Porém, na dúvida, compre um caderno. Qualquer coisa é só queimar.

(Gabriela Angelo)
Imagem: We Heart It